Revisão do Plano Diretor chega ao Vetor Oeste. Audiência no Eloy Chaves nesta quarta

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O processo de Revisão do Plano Diretor (Lei 8.683/2016) foi apresentado pela Prefeitura, na noite de segunda-feira (25), na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Ivo de Bona, no Almerinda Chaves. A região, no entanto, ainda contará com mais um encontro, nesta quarta-feira (27), na Emeb Professor Geraldo Pinto Duarte Paes, no Parque Eloy Chaves.

O Vetor Oeste é justamente a área de expansão da cidade, de acordo com a Prefeitura. E na região está prevista a construção de uma represa de abastecimento na Fazenda Ribeirão, na Serra do Japi, assunto que está recebendo uma grande atenção da população, através de intenso debate nas mídias sociais.

A construção da proposta de revisão do Plano Diretor está sendo apresentada e debatida com trabalho participativo entre população, entidades representativas e técnicos da administração municipal, com base nos problemas identificados diariamente nos balcões de atendimento do serviço público, segundo informa a Prefeitura.

Organizada pela Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), a audiência no Almerinda Chaves contou com boa participação popular, que aproveitou o espaço para apontar outras necessidades não relativas ao Plano Diretor.

“É um momento de exercício de cidadania, com o cidadão apresentando demandas integrantes do Plano Diretor, como as questões de cuidado do terreno público por particulares, uso de solo, mobilidade, além de temas diversos, como segurança e educação. Todas as sugestões foram anotadas pelos técnicos, que, analisarão as sugestões pertinentes ao Plano e encaminharão as demais demandas para os setores responsáveis”, explica o gestor Sinésio Scarabello Filho.

Na quarta-feira (27), a partir das 19h, será realizado novo encontro no Eloy Chaves.

“A participação da população é importante para que a legislação atenda, sem gerar conflitos, às necessidades das comunidades em acordo com as premissas da cidade”, detalha o gestor. Ainda será realizada uma audiência na região do Caxambu, no mês de março.

Fechar Menu