Pensando pelo lado otimista, essa geração de trogloditas que atualmente ocupa cargos de poder em diversas instâncias e lugares do País e do mundo não dura mais do que 30 anos.

Alguns dos que hoje posam de bacanas, falam e fazem o que querem, acham que comandam e fazem o que bem entendem do Planeta, logo estarão mortos debaixo da terra e poucos se lembrarão de suas barbaridades.

Esse planeta é muito antigo e há vestígios de muitas civilizações que por aqui passaram — e desapareceram.

Por isso olho para o futuro. Olho para a imensa capacidade de recuperação da agricultura sintrópica. Olho para Greta Thunberg e para esses tantos jovens que não estão nem aí para carros, escolas, empregos e dinheiros.

Olho para as sementes nas árvores e os brotos na horta. Olho para Alexandria Ocasio-Cortez e Manuela D’ávila.

O novo sempre vem